00:51 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Bielorrússia, Rússia, Alemanha, França e Ucrânia

    Opinião: crise ucraniana só pode ser resolvida no âmbito internacional

    © AFP 2017/ KIRILL KUDRYAVTSEV
    Opinião
    URL curta
    Ucrânia em foco da política internacional (289)
    0 55180

    Organizado pelo Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio, o evento "As Relações entre Rússia e OTAN no pós Guerra Fria” contou com a presença de diversos especialistas em Rússia e política internacional que exploraram os principais assuntos do cenário internacional envolvendo a interação entre Moscou e a Aliança do Norte.

    Ao situar a crise ucraniana como o principal ponto de colisão entre a Rússia e a OTAN, o professor de Relações Internacionais da PUC-Rio, Márcio Scalércio, disse acreditar que o conflito na Ucrânia não será resolvido internamente, necessitando a atuação da comunidade internacional para resolver a crise. 

    Segundo ele, “a questão da Ucrânia não será resolvida na Ucrânia, nem pela guerra civil ucraniana especificamente. A questão da Ucrânia só será resolvida, se for resolvida, em termos internacionais”. 

    O especialista argumentou que “Infelizmente, essa saída não vai contentar todos os ucranianos, até porque todos os ucranianos não são homogêneos, são heterogêneos. Há ucranianos de fala ucraniana, há ucranianos de fala russa, há ucranianos que gostariam muito de virar membros da unidade europeia, há ucranianos que não gostariam disso…”

    Outra questão apontada por Márcio Scalércio é a expansão da OTAN de um lado, e por outro lado, a tentativa da Rússia de recuperar seu papel como potência planetária. De acordo com o acadêmico, essas duas idéias estão se colidindo. “A expansão da OTAN colide com a questão da recuperação da reputação russa como potência, porque o governo russo interpreta essa expansão da OTAN como uma expansão contra a Rússia”, disse ele. 


    Tema:
    Ucrânia em foco da política internacional (289)

    Mais:

    Especialista aponta consequências da crise ucraniana para o mundo
    Sanções contra a Rússia “vão se arrastar”, acha especialista
    Poroshenko declara começo de nova operação especial na Ucrânia
    Tags:
    conflito, OTAN, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik