07:55 25 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira dos EUA

    Pesquisa: americanos são contra fornecimento de armas a Kiev

    © East News/ UPI Photo / eyevine
    Opinião
    URL curta
    Ucrânia em foco da política internacional (289)
    0 76392

    As sanções econômicas contra a Rússia, entretanto, demonstraram ser populares, segundo a pesquisa realizada por Pew Research Center.

    Mais da metade dos norte-americanos são contrários ao fornecimento de armamentos a Kiev, segundo pesquisa realizada por Pew Research Center.

    Segundo a pesquisa, 53% dos entrevistados se declararam contra o fornecimento de armamentos à Ucrânia, enquanto 41% dos entrevistados apoiariam a medida. Em abril de 2014, 62% dos respondentes se declaram contra o fornecimento de armas, enquanto os apoiadores eram somente 30%. 

    Quanto às sansões contra a Rússia, 60% dos entrevistados apoiaram maior rigor nas medidas, enquanto 34% se declararam contrários. Quando perguntados se os instrutores americanos deveriam treinar militares ucranianos, 49% disseram que sim e 46% foram contra. Os entrevistados também foram perguntados sobre os seus sentimentos em relação ao presidente russo Vladimir Putin, no que 70% manifestou uma visão negativa, contra 12% dos que avaliam o político russo de modo positivo. 

    Somente 39% dos entrevistados disse conhecer de modo aprofundado as tensões políticas entre a Rússia e a Ucrânia. Todavia, 41% afirmaram conhecer “alguma coisa” sobre o tema. A maioria, 77%, afirmou que o relacionamento da Rússia e Ucrânia é importante para os interesses dos EUA.

    Os jovens, menores de 30 anos, são os que menos apoiam o envio de armas para Kiev, somente 33% apoiaram a medida. Por outro lado, mais da metade das pessoas acima de 62 anos disseram ser a favor do fornecimento de armamentos.  

    A pesquisa foi realizada entre 18 e 22 de fevereiro. Foram entrevistadas 1,5 mil pessoas de todos os estados dos EUA.

    Tema:
    Ucrânia em foco da política internacional (289)
    Tags:
    armamentos, sanções, Pew Research Center, Vladimir Putin, EUA, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik