08:39 19 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, em discurso em Nova York. 9 de novembro de 2016

    Tarifas de Trump devem atrapalhar produção energética dos EUA, diz senadora

    © AP Photo / John Locher
    Notícias
    URL curta
    460

    O plano do presidente Donald Trump de impor uma tarifa de 25% sobre as importações de aço e alumínio pode atrapalhar a recuperação da produção de petróleo e gás natural dos Estados Unidos.

    Segundo a senadora  dos EUA, Lisa Murkowski, tais sobretaxas podem aumentar consideravelmente os custos de infraestrutura. As informações foram divulgadas em um comunicado de imprensa nesta sexta-feira (9).

    "Eu compartilho o desejo do presidente de ajudar a reconstruir nossas indústrias de aço e alumínio, mas tenho preocupações significativas sobre o impacto que essas tarifas terão em nossa economia de forma mais ampla, como em relações comerciais e particularmente no setor de energia da nossa nação", disse Murkowski.

    Na quinta-feira (8), Donald Trump assinou uma política que impõe tarifas de 25% sobre as importações de aço e direitos de 10% sobre o alumínio. O Canadá eo México estão excluídos da política enquanto o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA) está sendo renegociado.

    Murkowski argumentou que a administração de Trump precisava tomar medidas mais direcionadas para apoiar o aumento da produção de aço e alumínio, em vez de arriscar uma guerra comercial, recorrendo a tarifas.

    "Um bom trabalho foi feito para garantir que os Estados Unidos possam reivindicar o seu papel como líder global da energia. Os preços mais altos para o aço — que representam uma parcela significativa dos custos do projeto — poderiam facilmente nos atrasar", disse Murkowski.

    Mais:

    'Por favor?': Macri pede a Trump que isente a Argentina de tarifas de aço
    Reunião entre Trump e Kim Jong-un será marcada em algumas semanas
    A que pode levar encontro entre Donald Trump e Kim Jong-un?
    Trump comete gafe 'sepultando' pessoa desconhecida
    Tags:
    protecionismo, guerra comercial, Lisa Murkowski, EUA, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik