02:09 26 Junho 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras chinesas e norte-americanas

    EUA: China deveria contribuir mais com a luta contra o terrorismo

    © AP Photo/ Ng Han Guan, Pool
    Notícias
    URL curta
    875305

    A China deveria contribuir mais com a luta contra o terrorismo junto com os EUA, afirmou Susan Thornton, secretária adjunta do Departamento de Estado dos Estados Unidos para Assuntos da Ásia Oriental e do Pacífico.

    "Acreditamos que a China é cada vez mais afetada pelo crescente desafio global do terrorismo", disse Thornton a jornalistas. "E gostaríamos de vê-los assumir mais responsabilidades… pensamos que eles deveriam contribuir mais."

    Thornton disse que os Estados Unidos levantarão a questão na quarta-feira durante o Dialógo Diplomático e de Segurança agendado entre os dois países para acontecer em Washignton.

    A funcionária do Departamento de Estado notou que Pequim está cada vez mais envolvida em empreendimentos econômicos e de outras naturezas no exterior, inclusive no Iraque e outras partes do Oriente Médio, bem como em toda a África. Ela também disse que dois cidadãos chineses morreram recentemente no Paquistão após uma ação de militantes que se declararam parte do Daesh.

    Mais:

    Rússia e China realizarão exercícios militares no mar Báltico
    Irã e China começam manobras conjuntas no golfo Pérsico no meio de crise regional
    Opinião: China e Rússia não cederam à ordem mundial imposta pelos EUA
    Rússia planeja desenvolver helicóptero pesado inovador juntamente com a China
    China trabalha em mísseis hipersônicos para atingir mais de 6.000 km/h (FOTO)
    Tags:
    Departamento de Estado dos EUA, Susan Thornton
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik