13:45 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Cerveja traz divindade hindu no rotulo

    Divindades hindus em rótulos de cerveja geram polêmica amarga

    Reprodução de internet
    Notícias
    URL curta
    0 30710

    Cerveja e religião definitivamente não se misturam. Pelo menos na concepção do clérigo hindu Rajan Zed que, nos Estados Unidos, lidera um protesto contra a cervejaria paulista Ashby, que ilustrou rótulos de seus produtos com imagens das divindades Ganesha e Vishnu.

    Zed, que é presidente da Sociedade Universal do Hinduísmo, alega que ambas as imagens são adorados por milhões de pessoas no mundo em templos ou santuários domésticos e não devem ser usadas na "venda de cerveja para ganância mercantil". O líder afirma ainda que estabelecer vínculo entre divindades hindus e bebida alcóolica é desrespeito ao hinduismo, terceira maior religião do mundo com cerca de um bilhão de adeptos.

    O deus Ganesha é considerado o removedor de obstáculos, patrocinador do sucesso e da fartura, e chefe do exército celeste. Vishna é o deus responsável pela manutenção do universo. Ao lado de Shiva e Brama, forma a trindade sagrada do hinduísmo.

    A campanha contra a Ashby não é a primeira promovida pelo líder religioso. Recentemente, ele já solicitou à Amazon que retire a imagem de divindades hindus em skates e cobertores vendidos pela rede, e também à americana Wayfair, que utiliza figuras de divindades em objetos de decoração e mobília.

    A cervejaria Ashby usou a imagem de Vishnu na IPA Vermelho e a de Ganesha da IPA Ambar, ambas fabricadas na sede da empresa em Amparo (SP), cidade situada no Circuito das Águas Paulistas, região conhecida pela pureza de seus mananciais. A empresa, fundada em 1993, se autodenomina a "primeira microbrewery no Brasil, unindo a tradição das melhores escolas cervejeiras do mundo com o sabor brasileiro". A empresa, que também fabrica cerveja, chope, tem mais de 100 distribuidores atendendo aos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná e Goiás.

    As cervejas em questão que provocaram a polêmica com o líder hinduista são um pouco mais fortes do que as marcas tradicionais. A Vishnu é do tipo Pale, com coloração âmbar dourado, notas florais, amargor acentuado e teor de álcool de 5,8%. Já  a Ganesha, também do tipo Pale, tem alta fermentação, é levemente avermelhada, traz notas de frutas e florais, amargor acentuado e teor de álccol de 5,4%.

    Por dois dias, a Sputnik Brasil solicitou entrevista com representantes da Ashby para comentar o caso. Nesta quarta-feira, 28, a cervejaria informou que não iria se pronunciar sobre o assunto.

    Mais:

    Cientistas belgas inventam máquina que transforma urina humana em cerveja
    Julga que sabe tudo sobre bebidas alcoólicas? Faça nosso teste!
    Tags:
    bebidas alcoólicas, hinduísmo, religião, protesto, Internet, comércio, Cervejaria Ashby, Sociedade Universal do Hinduísmo, Rajan Zed, São Paulo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik