11:52 18 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Maia Sandu

    Candidata à presidência da Moldávia é criticada por ser solteira

    © Foto: privesc.eu
    Notícias
    URL curta
    51332215

    Maia Sandu também foi criticada pelo bispo da Igreja Ortodoxa da Moldávia, que chamou a "atitude" da candidata de "divergente dos princípios morais".

    A candidata à presidência da Moldávia Maia Sandu foi criticada pelo atual presidente do país, Vladimir Voronin por não ser casada. O presidente do Partido Comunista afirmou que "pessoas com intenção de se candidatar ao posto deveriam ser casadas e fazerem campanha com seu marido/esposa".

    "Ela não é casada, embora todos conheçam as regras do protocolo presidencial: a aparição em público deve ser junto com o cônjuge. As pessoas que vão votar em Sandu cometerão um grande erro. Além disso, deixe-me dizer honestamente, isso é uma traição aos valores familiares", disse Voronin em entrevista a uma rede de TV local.

    O presidente acrescentou que Sandu representa "o riso, o pecado e a desgraça nacional da Moldávia". A candidata respondeu dizendo que nunca pensou que ser solteira fosse um pecado. "Talvez até ser mulher seja um pecado", ironizou.

    O segundo turno das eleições da Moldávia acontecerão no próximo domingo (13). Igor Dodon será o adversário de Maia Sandu.

    Mais:

    Moldávia: tropas russas na Transnístria são a principal ameaça
    Brexit diminui chances da Ucrânia, Geórgia e Moldávia fazerem parte da União Europeia
    Moldávia pede a OTAN para expulsar contingente russo da Transnístria
    Moldávia nega estar recebendo armas da OTAN
    Moldávia se recusa a ficar no 'fogo cruzado' entre Rússia e OTAN, diz ministro da Defesa
    Tags:
    Vladimir Voronin, Bispo Marchel, Igor Dodon, Maia Sandu, Moldávia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik