10:42 13 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Aplicativo Figure 1 está sendo chamado de Instagram para médicos
    Marcos Santos/USP Imagens

    Conselho Federal de Medicina deve se manifestar sobre novo aplicativo de uso médico

    Notícias
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    A partir de segunda-feira, 13, estará disponível no Brasil o aplicativo Figure 1, uma rede social que está sendo chamada de “Instagram para Médicos” e na qual os profissionais de Saúde enviam imagens e trocam impressões sobre casos com que estão lidando.

    Até agora o aplicativo utiliza como idioma o inglês, mas a partir da próxima semana estará disponível também em português do Brasil  e também em espanhol.

    A restrição que alguns profissionais de Saúde fazem ao aplicativo é o fato de as imagens e a troca de impressões sobre os casos ocorrerem à revelia dos pacientes, ou seja, sem que eles saibam da realização desses debates.

    “O Conselho Federal de Medicina está realizando uma série de estudos sobre todas essas inovações que estão surgindo na internet e relacionadas à Medicina e ao comportamento dos médicos”, relata o clínico-geral Pablo Vázquez, presidente do Cremerj, Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro.

    “Uma das nossas grandes preocupações é com a preservação do sigilo médico”, acrescenta o Dr. Vázquez, que foi coordenador das Comissões de Ética Médica do Cremerj. Para o médico, todo este debate em torno do uso do aplicativo deverá ser regulado por uma instância superior:

    “É fundamental que a divulgação dessas imagens e dessa troca de opiniões fique restrita ao uso médico, de modo que não se permita gerar situações que impliquem em utilização das imagens e das palavras em outras mídias, o que configuraria grave falta ética.”

    Em relação ao uso deste aplicativo no Brasil, Pablo Vázquez faz a seguinte recomendação aos seus colegas médicos:

    “Nós estamos aguardando que o Conselho Federal de Medicina defina essas questões. Por enquanto, a minha sugestão é de que os nossos profissionais usem de toda cautela possível, pois a questão é muito delicada, até porque envolve a privacidade dos pacientes. Torno a recomendar aos colegas que pretendam utilizar este aplicativo que aguardem as resoluções do Conselho Federal de Medicina.”

    O aplicativo Figure 1 é utilizado por um milhão de profissionais de Saúde em 190 países, no idioma inglês. O Brasil reúne o sexto maior público dentre estes 190 países que utilizam o aplicativo.

    Entre as entidades que aderiram ao uso do aplicativo estão várias ONGs voltadas para assuntos médicos, inclusive a Médicos Sem Fronteiras.

    Na relação das principais vantagens do uso do Figure 1 estariam a troca rápida de informações entre médicos, o compartilhamento de experiências e o debate conjunto sobre diagnósticos, tratamentos e procedimentos, além da gratuidade da utilização.

    Tags:
    médicos, pacientes, privacidade, medicina, problemas de saúde, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar