00:41 19 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Rolinha-do-planalto
    Luciano Lima/Instituto Butantan/Divulgação

    Rolinha volta aos céus brasileiros após 75 anos

    Notícias
    URL curta
    0 82

    Uma das espécies de aves brasileiras mais interessantes e que era considerada extinta há 75 anos foi redescoberta agora. A Rolinha-do-planalto foi observada pela última vez em 1941, mas em junho foi avistada na região do Cerrado em Minas Gerais pelo ornitólogo Rafael Bessa, que entrou em contato com o Observatório de Aves do Instituto Butantan.

    Agora, estudos tentam mapear necessidades e hábitos da espécie para que ela não volte a correr o risco de desaparecimento. Butantan e ornitólogos desenvolvem um trabalho que inclui expdições a sítios com geografia e características similares onde 12 espécies de rolinha já foram avistadas. Os locais estão sendo monitorados por imagens de satélite associadas a uma técnica chamada modelagem ecológica, em que um software indica áreas com características ambientais semelhantes a das áreas onde os pássaros são avistados. Os trabalhos estão sendo conduzidos por Rafael Bessa; Luciano Lima, pesquisador do Observatório de Aves do Instituto Butantan; Wagner Nogueira, Marco Rego e Glaucia Del-Rio, associados ao Museu de História Natural da Universidade Estadual de Lousiana (EUA); e contam com o apoio do Instituto Butantan da Save Brasil, representante no país da BirdLIfe International. 

    Luciano Lima conta que o anúncio da redescoberta aconteceu na terceira semana deste mês em São Paulo durante o Avistar, encontro brasileiro de observação de aves, que já está na sua 11ª edição e que reúne nomes não só do Brasil como do mundo inteiro e que este ano teve uma participação bem grande de convidados internacionais. 

    "A Rolinha-do-planalto é o que a gente chama de espécie bandeira, como o mico leão dourado, o panda, a baleia azul que têm uma bandeira muito grande de engajar o público em geral para a causa da conservação e da preservação da natureza. Ao ver uma foto ou o bicho não tem como não ficar encantado."

    Segundo Lima, essa é uma espécie bem enigmática, e só agora os estudiosos estão começando a entender um pouco mais sobre ela. 

    "Depois de tanto tempo sem registro na natureza ela chegou a ser considerada extinta. Como ela é uma ave bastante enigmática, só agora a gente está entendendo o que ela precisa para continuar a viver. Essa é uma espécie emblemática e didática sob vários aspectos. Quando a gente fala que a Rolinha-do-planalto é uma espécie do Cerrado brasileiro, as pessoas acham que ela ocorre em toda a região do Cerrado. E aí elas falam: 'Se ela está no Cerrado inteiro, que problema tem se a gente desmatar só um pouquinho para plantar soja?

    O pesquisador do Instituto Butantan observa, porém, que quando um animal está associado a um domínio como o Cerrado, a Mata Atlântica, além dos animais terem uma distribuição bem restrita dentro desse domínio, eles estão ligados a ambientes específicos, e o ambiente da Rolinha-do-planalto é um deles.

    "A raridade do animal está atrelada à raridade também do ambiente, o que a torna ainda mais ameaçada."

    Mais:

    Sem tabu: senador defende cassinos para preservar o meio ambiente e as contas fiscais
    Fundação SOS Mata Atlântica: água do Rio Doce tem qualidade péssima
    Tags:
    satélite, natureza, pesquisa, pássaro, Instituto Butantan, Minas Gerais
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik