06:01 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Usina nuclear flutuante chinês

    Novas usinas nucleares fortalecerão posições da China

    © Foto: China General Nuclear
    Notícias
    URL curta
    101741204

    China avança com a construção da primeira usina nuclear flutuante, que deverá fortalecer as posições da China na região do Mar do Sul da China, comunica o jornal chinês Global Times.

    A construção da primeira usina nuclear chinesa na região deverá ser completada até 2018 e colocada em funcionamento até 2019.

    O jornal cita analistas informando que esta usina pode aumentar consideravelmente a eficácia dos trabalhos de construção nas ilhas do Mar do Sul da China.

    O chefe de gabinete da Diretoria Geral da China State Shipbuilding Corporation (CSSC),  Liu Zhengguo, que é responsável pelo desenvolvimento e construção das usinas, disse numa entrevista recente ao Global Times que a CSSS está avançando com o trabalho. 

    “O desenvolvimento da usina nuclear se intensifica de forma sustentada. O número exato de usinas a serem construídas (pela CSSC) depende da demanda do mercado.  A julgar pelos vários fatores… A demanda é bastante alta”- disse ele.

    Anteriormente foi reportado que a China planeja construir pelo menos 20 usinas marítimas "no futuro".

    Segundo o Global Times, as usinas “desempenharão um papel importante na estratégia do Mar do Sul da China a longo prazo”. 

    ​O jornal citou Lil Jie, um especialista chinês, confirmando que estas usinas deverão permitir o abastecimento energético dos faróis, aeroportos e portos na região.

    Tags:
    usina nuclear, Global Times, Liu Zhengguo, Mar da China Meridional, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik