03:38 22 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Crianças armadas no Sudão do Sul

    Unicef acredita que número de crianças sequestradas no Sudão do Sul chega a centenas

    © AFP 2017/ CHARLES LOMODONG
    Notícias
    URL curta
    0 7901

    O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) divulgou um comunicado estarrecedor no domingo, 1º. A agência corrigiu o número de crianças sequestradas no Sudão do Sul e passou a acreditar que são centenas. Antes, a estimativa era de 89 adolescentes capturados em Wau Shilluk, no norte do país.

    Em fevereiro, homens armados foram de casa em casa levando os meninos com idades superiores a 12 anos. As crianças estariam sendo levadas para lutarem na guerra civil que assola o país desde dezembro de 2013. A Unicef acredita que os sequestradores possam estar ligados aos militares sul-sudaneses e que sejam de uma milícia alinhada às forças do Exército Popular de Libertação do Sudão.

    A Unicef estima que 12 mil crianças lutem em ambos os lados da guerra civil que tomou conta do país. O Sudão do Sul declarou sua independência do Sudão em 2011.

    Mais:

    Unicef alertou para rapto de 89 rapazes por milícias do Sudão do Sul
    Presidente do Sudão diz que CIA e Mossad suportam EI e Boko Haram
    Sequestradores de cidadãos russos no Sudão exigem resgate
    Tags:
    sequestro, crianças, Unicef, Exército Popular de Libertação do Sudão, Sudão, Sudão do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik