13:42 20 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Combatente da RPD nos arredores de Debaltsevo

    Prefeito de Debaltsevo: 2.000 pessoas já voltaram à cidade

    © Sputnik/ Dan Levy
    Notícias
    URL curta
    Ucrânia: campo de batalha (286)
    0 37431

    Cerca de dois mil cidadãos voltaram para Debaltsevo após o fim dos combates na estratégica cidade oriental ucraniana, segundo informou o prefeito local, Alexander Afendikov, nesta quarta-feira (25).

    Citado pela agência de notícias de Donetsk, ele disse que cerca de cinco mil pessoas estavam lá imediatamente após as ações de combate terem terminado, e que agora os refugiados estão começando a voltar e a cidade já está com um total de sete mil habitantes. De acordo com a prefeitura local, antes do início da guerra no leste da Ucrânia, em abril de 2014, Debaltsevo era o lar de mais de 25 mil pessoas. 

    A agência informa que a situação humanitária na cidade está chegando a níveis críticos, com 80% dos edifícios residenciais destruídos. Nenhuma organização está trabalhando no local. Nesta quarta-feira, um hospital central retomou suas operações na cidade. As autoridades da autoproclamada República Popular de Donetsk criaram instalações de aquecimento e de distribuição de alimentos nas ruas. 

    O ministro regional para Situações de Emergência, Alexey Kostrubitsky, disse ainda à agência que apenas 500 pessoas estão vivendo na cidade vizinha de Uglegorsk, que também foi severamente afetada pelos combates. Antes da guerra, o número era de, aproximadamente, sete mil pessoas.

    Tema:
    Ucrânia: campo de batalha (286)

    Mais:

    Observadores da OSCE declaram catástrofe humanitária em Debaltsevo
    Zakharchenko: milícias terminam operação em Debaltsevo
    Lavrov: Debaltsevo pode ser usada por EUA para ampliar sanções
    Tags:
    crise, ajuda humanitária, Aleksandr Afendikov, Debaltsevo, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik