19:43 25 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon

    ONU pretende criar plano de combate ao terrorismo até o final de 2015

    © Sputnik/ Ilya Pitalev
    Notícias
    URL curta
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    0 30132

    O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, declarou que a organização está pronta para criar e apresentar ainda este ano um plano global de luta contra o extremismo.

    Segundo ele, "o sistema da ONU está pronto para trabalhar na criação de um plano de uma ação global multilateral para combater o extremismo violento, que será apresentado a todos os membros da Assembleia Geral das Nações Unidas no final deste ano".

    Ban Ki-Moon observou também que como “primeiro passo” está planejada a participação de líderes religiosos de todos os países do mundo na criação de um evento especial, que será destinado a "fortalecer o entendimento e a reconciliação mútua”. Ele afirma que  a plataforma da ONU será usada para enviar uma mensagem poderosa de tolerância, solidariedade e reconciliação. 

    O secretário-geral agradeceu os países-membros da organização pela disposição em adotar os passos destinados a combater o terrorismo.

    Alguns destes passos citados por Ban Ki-Moon partiram da iniciativa russa. Durante esta semana, foi divulgado que o Conselho de Segurança da Organização da ONU vai adotar uma resolução apresentada pela Rússia com o objetivo de cortar o financiamento do Estado Islâmico proveniente da venda de petróleo, do tráfico de antiguidades e do pagamento de resgates.

    A resolução impõe sanções a indivíduos e entidades que estabeleçam negócios na área de petróleo com o Estado Islâmico, bem como com o seu grupo associado na Síria, a Frente al-Nusra, e com outros grupos associados à Al-Qaeda.


    Tema:
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)

    Mais:

    Japão vai doar mais US$ 15,5 milhões para combater terrorismo
    Obama pede autorização para lançar ação militar contra o Estado Islâmico
    Cerca de 20 mil estrangeiros já se juntaram ao Estado Islâmico
    Tags:
    terrorismo, Conselho de Segurança da ONU, ONU, Estado Islâmico, Ban Ki-moon, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik