16:48 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Australianos fazem campanha para salvar condenados à morte na Indonésia

    Austrália ameaça boicotar turismo na Indonésia se australianos forem executados

    © REUTERS/ Antara Foto/Nyoman Budhiana
    Notícias
    URL curta
    0 03

    Turistas da Austrália podem boicotar a Indonésia, caso o país execute dois traficantes de droga condenados à morte, segundo disse hoje (13) a ministra dos Negócios Estrangeiros australiana, Julie Bishop.

    Na quinta-feira (12), ela pediu no Parlamento que as vidas de Andrew Chan e Myuran Sukumaran fossem poupadas e disse que a situação é "tensa", já que as autoridades indonésias anunciaram que planejam transferir os dois homens da prisão para o local da execução. 

    Várias vigílias foram organizadas na Austrália para pedir clemência. Bishop disse que, se os dois homens vierem a enfrentar o pelotão de fuzilamento, isso pode influenciar a decisão dos australianos de passarem férias na Indonésia, alertando Jacarta para não subestimar a força dos sentimentos dos australianos para com os dois condenados. A ministra afirmou que tem recebido “uma enorme quantidade de e-mails e mensagens” nesse sentido. 

    Atualmente, a ilha indonésia de Bali é um dos principais destinos turísticos dos australianos.

    Mais:

    Embaixada pede que brasileiro condenado à morte na Indonésia seja hospitalizado
    Tags:
    execução, pena de morte, Austrália, Indonésia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik