05:16 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Soldados norte-americanos em centro da OTAN no Leste Europeu

    Exército dos EUA vai treinar tropas ucranianas

    © AFP 2017/ Petras Malukas
    Notícias
    URL curta
    Ucrânia: campo de batalha (286)
    0 514

    As tropas militares norte-americanas planejam treinar os soldados ucranianos que lutam contra os independentistas no leste do país, segundo afirmou o tenente-general Ben Hodges, comandante do Exército norte-americano na Europa.

    A declaração foi feita durante uma visita do oficial à sede do Corpo do Exército Multinacional da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) nesta quarta-feira (11), na cidade polonesa de Szczecin. De acordo com Hodges, um batalhão de soldados norte-americanos vai treinar três batalhões ucranianos no centro de treinamento de Yavariv, na cidade de Lviv.

    O anúncio ocorre em meio à intensificação dos combates em Donbass, e no momento em que líderes franceses, alemães, ucranianos e russos se reúnem, em Minsk, para tentar avançar as negociações de paz. 

    Encontro do quarteto de Normandia em Minsk
    © REUTERS/ Mykola Lazarenko/Ukrainian Presidential Press Service/Handout via Reuters

    Nas palavras de Hodges, que, assim como Washington, acusa a Rússia de apoiar os partidários da independência no leste da Ucrânia, a preparação consiste em ensinar os soldados ucranianos a defenderem-se melhor da "artilharia e bombas dos russos e rebeldes". Além disso, o treinamento ainda inclui a segurança de estradas, pontes e outros tipos de infraestrutura, o tratamento e retirada de vítimas e operação em ambientes nos quais os russos supostamente teriam acesso às comunicações. 

    Hodges ainda acusou o presidente russo Vladimir Putin de fornecer armas e apoiar os “separatistas” na área ao redor da cidade de Debaltsevo. "Eu temo que, se eles tomarem Debaltsevo, irão direcionar suas atenções para Mariupol", disse o comandante, referindo-se à estratégica cidade portuária. 

     

    Fonte: Estadão Conteúdo


    Tema:
    Ucrânia: campo de batalha (286)

    Mais:

    Projeto de lei no Congresso dos EUA prevê suporte militar de $1 bilhão à Ucrânia
    Começam em Minsk as negociações pela resolução do conflito ucraniano
    Poroshenko diz que o dia de hoje pode entrar para a história da diplomacia mundial
    Tags:
    OTAN, Europa, EUA, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik