23:23 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Agência britânica BBC

    Opinião: BBC prepara sociedade para a guerra com a Rússia

    © flickr.com/ Elliott Brown
    Notícias
    URL curta
    0 113

    A emissora britânica BBC, lembrando constantemente da "agressividade" de Moscou, está preparando o povo do Reino Unido contra a Rússia, diz o jornalista Oliver Tickell.

    O jornalista acredita que os habitantes do país devem opor-se à propaganda antirrussa – caso contrário, o mundo vai ficar à beira de uma guerra nuclear.

    Mais recentemente, a frase "agressão russa" era usada como um tipo de meme na BBC, escreve o editor do jornal The Ecologist Oliver Tickell na revista Counter Punch. Por exemplo, em 30 de janeiro, no programa de rádio World at One, que é transmitido na BBC Radio 4, estas palavras foram repetidas um número "incalculável" de vezes, disse Tickell.

    Os especialistas convidadas para o estúdio discutiram entusiasticamente a "ameaça representada pelos bombardeiros russos para o canal da Mancha", e em uma só voz afirmaram que, para a OTAN, "é a hora de responder a essa ameaça", diz no seu artigo Tickell.

    No entanto, na edição da World at One, bem como em outros programas da BBC, por algum motivo não participam analistas que têm posição moderada em relação à Rússia, escreve o jornalista. Por esta razão, os ouvintes de rádio britânicos não têm a possibilidade de conhecer alguns fatos interessantes que poderiam mudar seus pontos de vista sobre a crise ucraniana.

    "Não havia ninguém para discutir o plano de expansão da OTAN até à fronteira russo-ucraniana, colocando mísseis ao longo da fronteira e permitindo apossar-se do porto de Sevastopol (base da Frota do Mar Negro da Rússia) com posterior transferência do porto para a Marinha dos EUA? Divagando: como os EUA iriam reagir se a Rússia tentasse fazer o mesmo no México ou em Guantánamo, Cuba?", pergunta Tickell.

    Os jornalistas da BBC, escreve ele, ao falarem de milhões de refugiados que abandonaram as regiões orientais da Ucrânia, por alguma razão, não se lembraram do fato que a maioria dessas pessoas se refugiou na Rússia:

    "Mas se a Rússia é realmente o agressor neste conflito, esta é uma escolha estranha".

    Tags:
    BBC, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik