A presidente da Missão de Observação Eleitoral da Organização dos Estados Americanos e ex-presidente da Costa Rica, Laura Chinchilla visita o Itamaraty.

Missão de observação da OEA se diz 'positivamente impressionada' com eleições no Brasil

© Foto : Ministério da Relações Exteriores
Notícias
URL curta
7156

Recebendo pela primeira vez em sua história uma missão internacional de observação, o Brasil foi elogiado hoje pela chefe da iniciativa da Organização dos Estados Americanos (OEA), Laura Chinchilla.

Falando a repórteres durante visita ao Centro Integrado de Comando e Controle da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Laura, que também é ex-presidente da Costa Rica, disse estar "impressionada positivamente" com a organização do pleito.

Chefe da missão da OEA visita locais de votação em Brasília. A comitiva busca observar o funcionamento das urnas, a organização do processo eleitoral e o acesso dos eleitores.
© Foto : José Cruz/Agência Brasil
A representante da OEA observou que em democracias "bem menores"  que o Brasil costumam ser registrados números "muito superiores de incidências de crimes eleitorais" em relação ao visto neste domingo. Laura destacou ainda a integração entre as autoridades eleitorais e parabenizou a "maturidade dos eleitores" que "compreenderam que as diferenças se resolvem de maneira institucional e com o voto".

O convite para observar a lisura do pleito foi feito pelo Ministério das Relações Exteriores e pelo Tribunal Superior Eleitoral ainda no início do ano. Ao final, a missão da OEA deve divulgar relatório completo apontando os aspectos positivos e as recomendações para o fortalecimento das eleições no Brasil.

Tags:
Centro Integrado de Comando e Controle da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Tribunal Superior Eleitoral, Ministério das Relações Exteriores, Laura Chinchilla, Brasil
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik