O deputado Jair Bolsonaro fala à imprensa sobre o requerimento que fez ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar pedindo sua convocação para prestar esclarecimentos sobre as declarações que fez em um programa de TV

'Manipulação': Joaquim Barbosa rebate Bolsonaro sobre Mensalão

© Foto : Renato Araújo/Agência Brasil
Notícias
URL curta
17183

Após declarar voto em Fernando Haddad (PT), o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), foi citado por Jair Bolsonaro por tê-lo supostamente inocentado no processo do mensalão. Barbosa respondeu a menção e falou em "manipulação".

O ex-ministro do STF e relator do processo do Mensalão, se posicionou neste sábado (27) através de sua conta no Twitter, declarando seu voto em Fernando Haddad e dizendo que Bolsonaro lhe causa medo.

​Pouco depois, a conta de Jair Bolsonaro na rede social publicou um vídeo de Joaquim Barbosa durante sessão da Ação Penal 470, também conhecida como Mensalão.

​Após a postagem, Joaquim Barbosa lançou uma sequência de tweets rebatendo a forma como o vídeo foi usada.

No primeiro, ele afirma que a postagem do candidato do PSL é uma manipulação que estaria sendo reiterada.

​Em seguida, Joaquim Barbosa afirma que não havia emitido opinião alguma desde 2014 acerca do processo, mas que decidiu esclarecer a questão.

​Ele concluiu afirmando que Jair Bolsonaro está usando o caso de maneira falsa.

​Apesar da repercussão das declarações, Bolsonaro não se pronunciou em resposta às publicações de Joaquim Barbosa.

Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik