Bandeiras do Brasil e camisetas com a imagem do candidato à presidência, Jair Bolsonaro

Estrategista de Bolsonaro: 'Quem tem o apoio de milhões não precisa pagar'

© REUTERS / Paulo Whitaker
Notícias
URL curta
867

Dono da AM4, consultoria de marketing digital que desenha a estratégia eleitoral de Bolsonaro nas redes, Marcos Carvalho comentou as denúncias trazidas pela Folha relativas a disparo de mensagens em massa pelo Whatsapp. Falando ao Antagonista, Carvalho negou que a campanha esteja usando recursos privados e minimizou a gravidade das acusações.

“Quem tem o apoio de milhões de brasileiros não precisa pagar (…) Não temos necessidade de gastar um centavo com impulsionamento”, afirmou.

Ainda segundo Carvalho, a campanha do PSL conta hoje com 300 mil voluntários que repassam conteúdo oficial por Whatsapp de forma orgânica, sem necessidade de impulsionamento pago. Ele se esquivou da acusação trazida pela Folha sobre o uso do TextNow, um serviço que redireciona mensagens através de telefones do exterior, afirmando que voluntários de campanha dispoem de "dezenas de números assim". 

“A informação é falsa. O engajamento do eleitorado de Jair Bolsonaro nas redes sociais não é recente, tampouco surpreendente. É diretamente proporcional ao seu desempenho nas urnas – em primeiro turno, foram mais de 49 milhões de votos”, disse ao site.

 

Tags:
WhatsApp, AM4, Partido Social Liberal (PSL), TextNow, Marcos Carvalho, Jair Bolsonaro, Brasil
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik