Fernando Haddad (à esquerda) e Jair Bolsonaro (à direita) disputam o segundo turno das eleições presidenciais no Brasil em 2018

Bolsonaro e Haddad assinam documento de compromisso à Constituição

© AP Photo / Silvia Izquierdo
Notícias
URL curta
524

Os candidatos à Presidência, Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), assinaram nesta quarta-feira um Termo de Compromisso de Respeito à Constituição da República Federativa do Brasil proposta pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI), informou Agência Brasil.

O presidente da ABI, Domingos Meirelles, afirmou que a intenção da entidade é restabelecer normalidade da campanha, para que os candidatos voltem a discutir propostas de governo e questões pragmáticas no lugar de trocarem insultos.

"Diante desse caos, um dos motivos que nos levou a pedir que eles assinassem [o Termo de Compromisso] era baixar a temperatura e que voltassem a discutir programa de governo e não ficar um acusando o outro. Isso foi uma conversa preliminar e eles concordaram. É uma intenção de baixar a poeira e decantar um pouco o tom de intolerância da campanha", afirmou Meirelles, em entrevista à Agência Brasil.

O texto do documento cita o fato da Carta Magna ter 30 anos e que notícias veiculadas pela imprensa indicavam uma eventual vontade dos candidatos em promover uma Constituinte para modificar os principais postulados da Constituição. 

O documento da ABI destaca a importância da tranquilidade e da confiança da sociedade de que o Texto Constitucional em vigor não sofrerá deformações que comprometam sua verdadeira natureza.

O documento não tem valor oficial. "É um compromisso moral e ético", concluiu Meirelles.

Mais:

Constituição brasileira, 30 anos: chegou a hora de reformar?
PT afirma que STF 'rasgou a constituição' e mantém candidatura de Lula
'Sem vontades pessoais': comandante da FAB veta golpe e pede respeito à Constituição
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik