Jair Bolsonaro presta continência ao cardel e bispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta.

Em encontro com cardeal, Bolsonaro promete 'defender a família' e impedir aborto

© REUTERS / Ricardo Moraes
Notícias
URL curta
768

O candidato à Presidência realizou breve visita hoje ao bispo do Rio de Janeiro, cardeal Dom Orani Tempesta. Durante o encontro, o capitão disse ter assinado um termo de compromisso pela "defesa da fé católica" como impedir a descriminalização do aborto, da eutanásia, contra a "ideologia de gênero" e em defesa do matrimônio entre homem e mulher.

"Gostaria de agradecer a dom Orani pela oportunidade de estar aqui. Vim muito mais para ouvi-lo do que para falar. Assinamos um compromisso em defesa da família, em defesa da inocência da criança na sala de aula, em defesa da liberdade das religiões, contrário ao aborto, contrário a legalização das drogas, ou seja, um compromisso que está no coração de todo brasileiro de bem", disse o candidato ao cardeal.

No final do breve encontro e antes de partir para a Superintendência da Polícia Federal no Rio, Bolsonaro bateu continência a Dom Orani. O religioso, porém, estendeu a mão para cumprimentá-lo.

Embora tenha sido batizado em 2016, Bolsonaro é católico e casado com uma evangélica. Ele lidera as intenções de voto nos dois seguimentos religiosos de acordo com o último levantamento do Ibope.


Tags:
Ibope, Igreja Católica, Jair Bolsonaro, Dom Orani Tempesta, Rio de Janeiro, Brasil
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik