Temer participa de reunião sobre a crise com venezuelanos em Roraima

Temer diz que Brasil voltará a se reunificar após eleições

© Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Notícias
URL curta
933

Michel Temer falou sobre a tensão social provocada pelo segundo turno das eleições presidenciais e afirmou que o Brasil se reunificará após a eleição.

O presidente Michel Temer participou nesta sexta-feira (12) da missa em homenagem ao Dia de Nossa Senhora Aparecida e falou com os jornalistas sobre o cenários político do segundo turno das eleições. 

"Temos que ter a compreensão que a eleição é um momento político-eleitoral. Logo depois da eleição tem o momento político-administrativo. No momento político eleitoral é natural haver divergência. O que não pode haver é violência. O que deve haver são debates", afirmou.

"Tenho absoluta convicção de que, passado esse momento, após a eleição o Brasil estará reunificado", acrescentou. 

Ele manifestou uma preocupação em relação aos casos de violência provocados pela tensão eleitoral durante o segundo turno das eleições.

"Claro que, toda vez que se fala de violência, temos que nos preocupar. Por isso temos que combater, aliás como já estamos fazendo", completou.

Mais:

Eleições do WhatsApp: como redes sociais deram as cartas na política do Brasil em 2018?
'Plano mirabolante e ilegal': juiz que tentou sabotar as eleições é afastado
Eleições 2018: números das urnas apontam vitória de Bolsonaro em Lisboa
Abraji registra 130 agressões a jornalistas cobrindo eleições até o momento
Tags:
segundo turno, eleições, Jair Bolsonaro, Fernando Haddad, Michel Temer, Brasil
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik