Deputado federal Jair Bolsonaro

Bolsonaro: 'questão ideológica é tão, ou mais grave, quanto a corrupção no Brasil'

Wilson Dias/ Agência Brasil
Notícias
URL curta
1274

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, fez uma publicação no Twitter na manhã desta terça-feira (2) afirmando que a "questão ideológica" é um mal a ser combatido no Brasil.

"A questão ideológica é tão, ou mais grave, que a corrupção no Brasil. São dois males a ser combatido", publicou o presidenciável no Twitter.

​Ele também voltou a defender o fim das indicações políticas e criticou o aparelhamento do Estado. "O desaparelhamento do Estado, e o fim das indicações políticas, é o remédio que temos para salvar o Brasil", acrescentou. 

Na véspera, Bolsonaro havia declarado que milhares de obras continuarão paradas no país "se ministérios e cargos continuarem sendo distribuídos a partidos políticos em troca de apoio". 

"Milhares de obras paradas em todo país atualmente. Assim permanecerá se ministérios e cargos continuarem sendo distribuídos a partidos políticos em troca de apoio ao invés de ocupados por critérios técnicos. Essa é a raiz do problema e nós temos a liberdade necessária para mudar!", afirmou.

Jair Bolsonaro ainda se recupera do atentado a faca que sofreu no início de setembro após receber alta no último sábado (29). 

Mais:

IBOPE: Bolsonaro cresce e atinge 31% das intenções de voto seguido por Haddad com 21%
Bolsonaro diz que 'não tem nada pra fazer' se perder as eleições
Milhares vão às ruas em São Paulo em apoio a Bolsonaro
CNT/MDA: Haddad e Bolsonaro têm empate técnico em pesquisa
O que dizem as mulheres contra e pró-Bolsonaro?
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik