22:09 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    3131
    Nos siga no

    No Reino Unido, uma cuidadora de 21 anos por pouco não ficou sem sua mão direita devido a uma picada de falsa-viúva-negra.

    No início, a britânica Morgan Curran não deu muita importância à mordida, minimizando as suas consequências. Mas, alguns dias mais tarde, sua mão direita ficou inchada, parecendo uma "luva de boxe", e uma mancha preta do tamanho de uma moeda apareceu sobre a articulação de seu dedo médio, escreve The Sun.

    Quando ela foi ao hospital, os médicos foram obrigados a remover o tecido infectado de sua mão. Ela recebeu antibióticos e teve que ficar no hospital por cinco dias e passar por duas operações para retirar o tecido infectado.

    Agora Morgan aconselha a todas as pessoas picadas por aranhas a buscar imediatamente assistência médica, uma vez que os profissionais de saúde lhe disseram que ela poderia ter morrido se não fosse tratada a tempo.

    ​Cuidadora de 21 anos quase perde uma mão após picada de falsa-viúva-negra e agora está com medo demais de dormir em sua própria cama.

    "Eu estou bem, mas quando tiraram o curativo e olhei fiquei enjoada. A minha mão ficou como uma luva de boxe. Estava completamente inchada e eu não podia endireitar os dedos por causa do inchaço", disse Curran. Agora a britânica está com medo que uma aranha possa picá-la novamente em sua cama.

    Anteriormente, uma equipe de cientistas do Reino Unido afirmou que a aranha Steatoda nobilis, conhecida como falsa-viúva-negra, carrega em sua picada algo muito mais perigoso do que veneno. Essa espécie, comum em casas britânicas, transmite na picada bactérias que causam infecções de pele horríveis.

    Mais:

    Nova espécie de aranha recebe nome de herói indiano morto com 23 tiros por terrorista (FOTOS)
    Pequeno crustáceo com 3 olhos é encontrado nos EUA após estação de monções (FOTO)
    Cientistas criam aracnídeos mutantes para descobrir como se formam suas patas únicas (FOTO)
    Tags:
    aranhas, veneno, venenosas, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar