20:02 02 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 40
    Nos siga no

    Um relatório do Pentágono sobre os chamados Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAP, na sigla em inglês), revela mais de 140 casos de avistamentos por pilotos da Marinha dos EUA ao longo dos anos e sem explicação do governo.

    O membro da Câmara dos Representantes norte-americano, Andre Carson, que atua como presidente do Subcomitê de Inteligência da Câmara sobre Contraterrorismo, Contra-inteligência e Contraproliferação, pediu ao Congresso para realizar uma série de novas audiências sobre relatos de avistamentos de OVNIs, também chamados de Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAP, na sigla em inglês) ou Veículos Aéreos Anômalos (AAVs, em inglês).

    Os comentários surgiram no programa Face the Nation, da CBS News, no domingo (4), depois que Pentágono publicou o relatório do Escritório do Diretor de Inteligência Nacional muito antecipado, em 25 de junho. No documento de nove páginas, 143 dos 144 relatos relacionados aos UAPs desde 2004 permanecem sem explicação do governo dos EUA. Possíveis origens extraterrestres não foram descartadas.

    A publicação foi precedido por uma série de fotos vazadas e filmagens da Marinha dos EUA contendo supostos objetos misteriosos voando no espaço aéreo americano. O legislador insistiu que sondagens adicionais são necessárias porque o recente relatório não classificado do Pentágono sobre os UAP foi amplamente "inconclusivo" à respeito das origens de mais de 140 OVNIs.

    ​Vídeo de OVNI liberado pela Marinha dos EUA. O vídeo seria de 2019.

    "Minha esperança é que tenhamos uma série de audiências e possivelmente uma audiência pública em um futuro muito próximo", disse Carson sem dar um cronograma específico relacionado às reuniões.

    "O que sabemos é que houve quase 150 avistamentos", com 80 desses incidentes "detectados com algumas das melhores tecnologias que o mundo já viu", diz ele.

    Carson enfatizou que as autoridades "não podem descartar algo que é de outro mundo", mas acrescentou que isso só é possível em uma "porcentagem muito pequena" dos casos. O legislador destacou que essa possibilidade deveria ser uma preocupação especial para as autoridades americanas, razão pela qual investigações adicionais deveriam ser conduzidas.

    "Não queremos que nossos adversários tenham um avanço tecnológico sobre nós em termos do que podem fazer com suas capacidades", disse ele, acrescentando que é "curioso que muitos desses avistamentos tenham ocorrido em torno de muitos meios militares americanos, bases navais e instalações militares".

    "Se for de outro mundo, temos que levar em consideração nossos avanços em termos de tecnologia de celular e por que essas imagens não estão sendo capturadas? Temos que pensar sobre os cerca de 4 mil satélites que orbitam a Terra agora. A maioria deles os satélites têm câmeras acopladas. Por que nenhuma dessas informações foi divulgada?", questiona.

    O piloto da Marinha dos EUA, cujo avião filmou o famoso "tic-tac" do OVNI, revelou como seu sistema de armas foi desativado durante o estranho encontro. Não era um drone pessoal!

    Mais:

    Casal youtuber avista OVNI brilhante em praia da Carolina do Norte, nos EUA (VÍDEO)
    FOTO de mais de 20 anos da NASA mostraria OVNI passeando por anéis do planeta gigante
    Dia Mundial do OVNI: objetos voadores misteriosos filmados em diferentes pontos do mundo
    Tags:
    OVNI, EUA, Pentágono, relatório, vida extraterrestre, investigações
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar