02:34 25 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 220
    Nos siga no

    A descoberta inicial foi feita por pastores de renas. Esta é a primeira vez que o corpo de um urso que deve ter vivido há algumas dezenas de milhares de anos é encontrado intacto.

    Pastores de renas encontraram os restos completos de um urso-das-cavernas em uma ilha do Ártico, informou no domingo (13) o portal Zvezda. Uma equipe de cientistas russos está estudando os restos mortais, que foram encontrados surpreendentemente intactos, considerando que são uma espécie pré-histórica, extinta há dezenas de milhares de anos.

    Corpo de urso antigo encontrado na república de Yakútia, Rússia
    Corpo de urso antigo encontrado na república de Yakútia, Rússia

    A descoberta aconteceu na ilha Bolshoi Lyakhovsky, república russa de Yakútia, quando pastores percorriam a área com suas renas.

    "[...] É uma carcaça inteira de urso com tecidos moles, completamente preservada, com todos os órgãos internos no sítio. Até mesmo o nariz do urso foi preservado. Anteriormente, apenas tínhamos encontrado caveiras e ossos", relatou Lena Grigorieva, diretora do Laboratório de Paleontologia Molecular da Universidade Federal do Nordeste M. K. Ammosov.

    O achado é a primeira descoberta deste tipo, afirma. Segundo os pesquisadores, os restos podem permitir a obtenção de DNA do animal para estudar a espécie de forma mais detalhada. O animal será examinado por especialistas do Museu de Mamutes e da Universidade Federal do Nordeste M. K. Ammosov, bem como por cientistas internacionais.

    Corpo de urso antigo encontrado na república de Yakútia, Rússia
    Corpo de urso antigo encontrado na república de Yakútia, Rússia

    O urso-das-cavernas, cujo nome científico é Ursus spelaeus, é um mamífero omnívoro extinto há cerca de 24.000 anos, e que habitou o que é hoje a Eurásia. Segundo os paleontólogos, estes animais viveram durante a Era do Gelo, entre 50.000 e 22.000 anos atrás, embora ainda seja necessária uma análise de radiocarbono para determinar a idade mais precisa do animal.

    Muitos grupos étnicos eurasiáticos consideravam os ursos-das-cavernas deuses. Vestígios desta concepção do urso como animal sagrado estão refletidos no idioma russo, em que o mamífero não tem um nome independente. A palavra "urso" em russo é formada por palavras que significam "aquele que sabe do mel".

    Mais:

    Caçadores europeus há 30 mil anos consumiam carne de lobo, aponta estudo
    Paleontólogos revelam novas pistas sobre 'Pé Grande sul-americano' extinto há 10.000 anos
    'Pé Grande' é avistado em montanhas de cidade norte-americana (VÍDEO)
    Tags:
    era do gelo, Eurásia, república de Yakútia, Yakútia, Zvezda
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar