19:10 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 40
    Nos siga no

    Um zoológico nos EUA viu uma cobra de 62 anos botar ovos sem ter tido contato com um macho. A píton-real "mamãe" é a serpente mais velha existente em um zoo, segundo fonte.

    Especialistas do Zoológico de St. Louis, estado do Missouri, EUA, relataram que uma píton-real de 62 anos pôs sete ovos em 23 de julho, apesar de não ter copulado com um píton macho em pelo menos 15 anos, e estão tentando entender a razão desse fenômeno, escreve o jornal St. Louis Post-Dispatch.

    "Ela seria definitivamente a cobra mais velha que conhecemos na história", afirmou o diretor de herpetologia do zoológico do Missouri, Mark Wanner, em referência à idade em que a cobra colocou ovos. A píton-real "mamãe" é a cobra mais velha a viver em um zoológico, segundo a mídia.

    A serpente não tem nome, e sim um número: 361003. A píton foi levada ao zoológico aos três anos em 1961 por um dono privado. Desde então, desovou em 1990 e em 2009, sem que nenhuma das crias sobrevivesse da última vez.

    Píton de 62 anos de idade pôs sete ovos no Zoológico de St. Louis em julho de 2020
    Píton-real de 62 anos no Zoológico de St. Louis colocou sete ovos

    De acordo com Mark Wanner, é comum, embora seja raro, que pítons se reproduzam sem necessidade de companheiro. As cobras também armazenam, às vezes, esperma para fertilização retardada. No entanto, diz, pítons-reais geralmente deixam de pôr ovos muito antes dos 60 anos de idade.

    Crias de dois dos ovos não sobreviveram. Três outros ovos foram colocados em uma incubadora, e os demais dois foram usados para amostragem genética, relata o jornal. Esses testes demonstrarão se os ovos foram criados de forma sexual ou assexual.

    Mais:

    VÍDEO exibe píton entre mandíbulas de jacaré em reserva pantanosa
    Jovem com píton no pescoço assusta passageiros de ônibus no México (VÍDEO)
    Píton de quase 5 metros é encontrada em campus universitário na Indonésia (VÍDEO)
    Tags:
    Missouri, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar