14:51 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    O surfista e agente imobiliário Nick Slater, de 46 anos de idade, foi morto após um raro ataque de tubarão em uma praia protegida por redes na cidade australiana de Gold Coast.

    As cenas dos vídeos compartilhados nas redes sociais mostram o momento em que o predador ataca o homem.

    Também é possível observar o momento em que o tubarão-branco arrasta sua vítima debaixo d'água enquanto dezenas de surfistas nadavam próximo ao local. Pouco depois, Slater reaparece na superfície flutuando.

    A vítima foi levada até a praia de Greenmount com mordidas nas pernas, conforme detalha Willian Houghton, chefe do Serviço de Resgate de Queensland.

    ​Surfista australiano de 46 anos morre depois de ser atacado por um tubarão na popular praia de Gold Coast, o primeiro ataque fatal de tubarão na praia em mais de 60 anos.

    Os serviços de emergência chegaram ao local rapidamente para atender a vítima, que não resistiu e faleceu devido à gravidade dos ferimentos, segundo o canal 7News.

    "Todos corriam, havia crianças chorando na areia. Algumas pessoas estavam de pé observando e não podiam acreditar no que estavam vendo", contou Leo Cabral, um surfista que estava no local com seu filho de 13 anos.

    As autoridades locais afirmaram que estão tratando de localizar o tubarão-branco com a ajuda de diversos helicópteros.

    O surfista é a segunda vítima mortal de um ataque de tubarão desde 1958 em uma das 85 praias do estado, que estão protegidas por redes contra os tubarões desde 1962.

    Mais:

    Tubarão branco surge das profundezas do mar para devorar baleia nos EUA
    Depois de aranha e jacaré, homem é mordido por tubarão nos EUA
    Tubarão é reencontrado após mais de 1 século 'desaparecido'
    Tags:
    surfistas, Austrália, praia, ataque, tubarão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar