08:32 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    Uma jovem de 29 anos ficou ensanguentada e teve ferimentos na perna após sofrer um ataque enquanto nadava na ilha Fitzroy, perto de Cairns, na Austrália.

    De acordo com portal Brisbane Times, a documentarista Anika Craney estava de folga da produção do seu novo filme sobre tubarões e mergulhava na ilha Fitzroy quando foi atacada por um tubarão.

    Terry Cumming, um dos paramédicos do Serviço de Ambulância de Queensland que participou do resgate, afirma que, embora Craney estivesse com muitas dores, a documentarista estava estável, sorridente e muito feliz. "Eu ainda amo tubarões! Os tubarões são lindos!", gritou Craney enquanto era encaminhada para o hospital, publicou o Brisbane Times.

    O Serviço de Ambulância de Queensland recebeu um pedido de assistência às 12h18 [às 23h18 do dia anterior em Brasília], depois de uma mulher de cerca de 20 anos de idade ter sofrido ferimentos na perna como resultado de uma suspeita de mordida de tubarão na ilha Fitzroy. O helicóptero de resgate aterrissou há pouco no Hospital Cairns com a paciente em situação estável.

    O biólogo marinho Gareth Phillips, todavia, explicou à emissora CBS News que o fato de os ferimentos serem relativamente pequenos sugerem que Craney não foi mordida por um tubarão, mas provavelmente por outro grande peixe.

    "Se foi tubarão, foi um tubarão muito pequeno", garante Phillips. "Há uma grande chance de que tenha sido um xaréu grande ou um robalo", disse o especialista à CBS News.

    Mais:

    Proteção em 1º lugar: descobertos 'dentes' nos olhos de tubarão-baleia (FOTOS)
    Nova espécie de aranha que constrói esconderijo com porta é encontrada na Austrália (FOTO)
    Tubarão preso em rede com sardinhas é salvo por homens corajosos
    Tags:
    mar, Austrália, peixe, tubarão, vida selvagem
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar