10:53 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Avião da Delta Airlines foi forçado a fazer um pouso de emergência em Nova York. Não houve vítimas, mas pairam dúvidas sobre o que teria danificado sua fuselagem.

    A aeronave, um Airbus A319 de fabricação europeia, transportava 43 passageiros em 6 de julho de Palm Beach, Flórida, para La Guardia – aeroporto a 14 quilômetros de Nova York – quando se viu obrigada a realizar um pouso de emergência no aeroporto mais próximo devido a um problema com equipamento de navegação.

    O avião pousou em segurança no Aeroporto JFK, que fica a 26 quilômetros de Nova York, apesar dos danos significativos que apresentava no cone frontal, que abriga o equipamento de radar.

    Delta A319 com cone do nariz danificado após tempestade de granizo em voo entre Palm Beach e Nova York

    Segundo o canal de televisão norte-americano ABC, um porta-voz da Delta afirmou que durante uma inspeção da aeronave foram detectados outros sinais de danos nas asas e na cauda.

    A companhia aérea anunciou inicialmente que os danos foram causados por más condições climáticas, particularmente granizo, tendo mais tarde ressaltado que poderia ter se tratado de uma batida com um bando de aves, relata a ABC.

    O avião será retirado de serviço por dias, para pesquisas complementares que possam vir a explicar o que realmente teria provocado estes estranhos danos.

    A Agência Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos investigará igualmente o sucedido.

    Mais:

    Helicóptero K-27 treina pouso em corveta no mar Báltico (VÍDEO)
    VÍDEO mostra momento em que avião faz pouso extremo dentro de floresta densa
    Bombardeiro B-1B faz pouso de emergência após pane elétrica em voo (FOTOS)
    Decolagem e pouso vertical: como caça soviético Yak-141 revolucionou aviação militar há 30 anos
    Tags:
    EUA, avião
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar