21:48 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Zoológico Australian Reptile Park conseguiu retirar 3,32 gramas de veneno de uma cobra taipan-costeira, considerada uma das mais venenosas do mundo, em uma única extração para produção de antídotos.

    Tal quantidade de veneno é capaz de matar até 100 pessoas e foi acima da média de 1,8 gramas que se pode obter da taipan-costeira em cada extração.

    Conforme publicou o portal Observador, citando o zoológico Australian Reptile Park, a referida serpente é uma das mais venenosas do mundo e vive no leste da Austrália e no sul da Papua Nova Guiné.

    Durante a remoção recorde, 3,32 gramas de veneno foram obtidos das mandíbulas de uma taipan-costeira apelidada de Whiplash. É válido lembrar que o recorde anterior era de 3,1027 gramas, também obtido da mesma espécie.

    A remoção foi feita por funcionários do parque e deverá ser usada para a produção de antídotos na Austrália.

    Pelo menos 300 pessoas morrem no país por ano como resultado do veneno de cobras, sendo que no total 2.000 pessoas são picadas.

    Cobra de várias cores

    Ainda segundo a mídia, a referida serpente pode ter cor variada de marrom-amarelado, avermelhado a quase preto, e geralmente tem sua dieta baseada em roedores, anfíbios e pequenos répteis, sendo um animal essencial para o ecossistema australiano.

    Seu tamanho pode chegar a três metros, enquanto a espécie se divide em duas subespécies: a taipan-costeira da Austrália e a taipan-da-papuásia, encontrada na Papua Nova Guiné.

    Mais:

    Crianças bolivianas se deixam picar por aranha venenosa para virarem super-heróis da Marvel
    Em safári na África, turista abre janela para acariciar leão e quase vira refeição (VÍDEO)
    Jacaré devora cachorro na frente de dona no Brasil (IMAGENS FORTES)
    Tags:
    jardim zoológico, Austrália, víbora, serpentes, cobras, veneno
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar