09:08 21 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    330
    Nos siga no

    A bola de fogo, que se partiu sobre o território norte-americano de Guam, foi inicialmente considerada um meteoro, mas as autoridades da ilha associaram-na ao lançamento falhado de um satélite chinês.

    Os espectadores noturnos no território norte-americano de Guam, no oceano Pacífico, foram brindados, na noite de quinta-feira (9), com um "fogo de artifício" celestial invulgar.

    As imagens nas redes sociais mostram o objeto brilhante e lento caindo antes de se partir em pedaços em um show espetacular.

    As autoridades locais de Guam e federais monitorizam relatórios de "objeto não identificado" visto caindo do céu.

    Alguns sugeriram que se tratava de uma chuva de meteoros, mas os funcionários de Guam assumiram que o objeto estaria "provavelmente ligado a um lançamento programado de testes de satélite a partir da China".

    Na quinta-feira (9), a China lançou um novo satélite de comunicações para a Indonésia, conhecido como Palapa-N1, ou Nusantara Dua, a partir do Centro de Lançamento de Satélites Xichang, no sudoeste da província de Sichuan, China.

    A agência estatal Xinhua relatou a ocorrência de "condições anormais" não especificadas no terceiro estágio do foguete Longa Marcha-3B, que transportava o satélite.

    O incidente é semelhante a outro avistamento sobre Guam, que teve lugar em 27 de dezembro de 2019, quando uma bola de fogo atravessou o céu antes de desaparecer no meio do ar.

    O Serviço Meteorológico Nacional dos EUA sugeriu na época que poderia ter sido um meteoro ou lixo espacial de um teste de foguete chinês que tinha tido lugar no mesmo dia.

    Mais:

    Bola de fogo cruza céu da Europa após explosão de asteroide (VÍDEO)
    Foguete chinês Long March 2C põe em órbita satélites de vigilância militar (FOTO, VÍDEO)
    Câmeras de segurança captam explosão de meteorito nos Países Baixos (VÍDEOS)
    Tags:
    Serviço Meteorológico Nacional, Pacífico, Sichuan, Long March-3B, Xinhua, Indonésia, China, EUA, Guam
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar