17:48 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    10237
    Nos siga no

    O coronavírus continua se espalhando pelo mundo, obrigando que países tomem medidas mais severas para contê-lo. Enquanto isso, já há mais de 5.000 mortes devido à doença COVID-19.

    E há quem acredite que o novo coronavírus veio do espaço. Um cientista sugeriu que o novo coronavírus, que já infectou mais de 130.000 pessoas em todo o mundo, chegou à Terra do espaço.

    O professor Chandra Wickramasinghe, do Centro de Astrobiologia de Buckingham no Reino Unido, acredita que o vírus não se originou em animais como imaginado, mas, sim, pegou carona em um meteoro e agora está se espalhando pelo vento.

    A teoria de Chandra é rejeitada por muitos especialistas em doenças que afirmam que o novo coronavírus seja semelhante a outros tipos de coronavírus como SARS (Síndrome respiratória aguda grave) ou MERS (Síndrome respiratória do Oriente Médio), tendo os hóspedes primários morcegos e camelos respectivamente. Porém, Wickramasinghe insiste que a doença tem ligação cósmica.

    De acordo com o cientista, o meteoro que explodiu na China em 11 de outubro de 2019 liberou partículas infecciosas. Para fundamentar a teoria, o professor destaca que o surto do coronavírus ocorreu na região onde o meteoro foi visto.

    "Acreditamos que os agentes infecciosos são predominantes no espaço, transportados em cometas e podem cair na direção da Terra através da troposfera. Acreditamos que estes [agentes infecciosos] já causaram no passado epidemias de doenças em humanos", afirmou Wickramasinghe ao tabloide britânico Daily Star.

    O professor é um defensor da teoria da panspermia que estipula que a vida existe em todo o Universo e é distribuída através da poeira espacial, meteoros, cometas e outros objetos celestes. Anteriormente, Chandra chegou a alegar que outras doenças altamente infecciosas como a pandemia da gripe de 1918, poliomielite e SARS teriam origens extraterrestres.

    Mais:

    Governo de Portugal anuncia estado de alerta pela pandemia do novo coronavírus
    Jornal chinês revela quando ocorreu 1º contágio do novo coronavírus
    Guedes promete medidas de combate aos efeitos do coronavírus em 48h
    Tags:
    infecção, vírus, doenças graves, cometa, meteoro, extraterrestre, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar