16:50 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 41
    Nos siga no

    Após escapar de uma prisão belga em Turnhout, na fronteira com a Holanda, o prisioneiro foragido Oualid Sekkaki zombou dos diretores da prisão ao enviar um cartão postal sobre sua fuga.

    O jornal Brussels Times publicou que Sekkaki e outros quatro homens fugiram de Turnhout em 19 de dezembro de 2019. O grupo escalou os muros da prisão e fugiu em um carro que os esperava em uma rua próxima, revela a revista Newsweek.

    Três dos quatro fugitivos foram recapturados no dia seguinte, enquanto um quarto se encontra em liberdade. A polícia belga não conseguiu encontrar o foragido, porém, o próprio enviou um cartão postal para Turnhout nesta segunda-feira (20).

    O envelope continha a identificação usada por ele na prisão, assim como um cartão com a mensagem "Saudações da Tailândia". Ainda não se sabe ao certo se a mensagem foi realmente enviada do país asiático.

    De acordo com o jornal De Morgen, Sekkaki foi preso em janeiro de 2017 após serem encontrados mais de 25 mil comprimidos de ecstasy em seu carro. O criminoso já era procurado anteriormente durante a investigação de um tiroteio.

    Ele foi condenado e recebeu uma sentença de dois anos. Contudo, Sekkaki possui uma motivação adicional para desejar fugir da prisão belga. Ele também é procurado no Marrocos, seu país natal, por ser acusado de participar de um cartel de narcóticos. O país africano solicitou sua extradição às autoridades belgas.

    Os guardas da prisão repassaram imediatamente o cartão postal para a polícia para uma análise mais detalhada.

    Mais:

    Ministro boliviano diz que pediu à Interpol prisão de Evo Morales
    Pelo menos 13 pessoas morrem em rebelião em prisão de Honduras
    Justiça do Japão ordena prisão de mulher de Carlos Ghosn por falso testemunho
    Tags:
    foragido, fuga, Bélgica, Tailândia, prisão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar