16:50 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    Um tubarão fêmea anequim, espécie mais rápida do mundo, foi encontrado encalhado por um pescador na praia de Mongaguá, litoral de São Paulo.

    O tubarão foi encontrado pelo pescador Juliano Fernando de Almeida, de 42 anos de idade, que estava se preparando para embarcar para uma pescaria, durante a manhã de quarta-feira (27).

    Almeida estava preparando suas redes de pesca quando notou um movimento estranho nas ondas, onde encontrou o tubarão, próximo à faixa de areia, segundo o portal G1.

    De acordo com o pescador, o tubarão tinha aproximadamente 35 quilos e media 1,3 metro de comprimento.

    "Eu achei que ele estava morto, mas quando cheguei perto o tubarão se mexeu, estava agitado, mas muito debilitado. Então o tiramos e levamos para uma barraca que temos com outros pescadores e acionei o Instituto Biopesca", afirmou Almeida.

    Infelizmente, quando a equipe do Instituto chegou ao local, o tubarão já havia morrido. Agora, a equipe fará uma autópsia no animal, enquanto que a carcaça ficou com os pescadores.

    O biólogo Eric Comin afirmou que o tubarão anequim ou tubarão-mako é uma espécie que vive distante das costas litorâneas, e é um animal "extremamente vulnerável à extinção" devido à pesca predatória. Ele também aproveitou para alertar que as pessoas não devem consumir a carne do tubarão-mako, pois possui uma grande quantidade de mercúrio.

    Mais:

    Fim dos ataques de tubarão? Criado tecido resistente a mordidas mais vorazes
    Pânico na praia: surfistas afirmam terem avistado tubarão-branco em praia de Sidney
    Tubarão surge das profundezas para encontro 'íntimo' com pesquisador (VÍDEO)
    Tags:
    São Paulo, pescador, litoral, oceano, mar, praia, peixe, tubarão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar