21:02 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    2714
    Nos siga no

    Um indiano, de 16 anos de idade, foi assassinado brutalmente após seu irmão ter fugido com a irmã de um dos suspeitos. Ele teria sido assassinado por ter zombado do casamento dos dois.

    No domingo (24), a polícia indiana relatou um assassinato horrível na cidade de Mansa, no norte do estado indiano de Punjab. A vítima, Jaspreet Singh, de 16 anos de idade, foi preso a um pilar em um abandonado campo de arroz, encharcado de gasolina e queimado vivo.

    A polícia da cidade de Mansa prendeu três pessoas ligadas ao crime. Segundo fontes, a causa do assassino estaria ligada a um conflito pelo casamento do irmão mais velho da vítima e da irmã de um dos suspeitos. O casal fugiu para outra cidade há uns dois anos, se casou e teve um bebê.

    Segundo fontes citadas pelo The Indian Express, a família da garota não aprovou o casamento e não permitiu que os dois voltassem para a casa. A polícia acredita que a "zombaria intermitente" do jovem indiano tenha ocasionado sua morte.

    Um menino de 16 anos de idade foi preso a um pilar em um campo abandonado de arroz e queimado vivo.

    Segundo informações, o casal, que fugiu de casa, vai voltar em breve para viver com a família do morto.

    "Não há dúvidas de que o incidente é cruel [...] Assassinato a sangue-frio. Os responsáveis devem ser punidos pela lei", declarou um dos policiais.

    As autoridades do estado acreditam que o crime não tenha sido um caso de violência de castas, pois tanto a vítima como os suspeitos pertencem à comunidade étnica Dalit, que é discriminada na Índia.

    Mais:

    Alemão morre após lambida de cachorro
    Cobra-rei é descoberta em trem expresso na Índia (VÍDEO)
    Carro perde controle, voa de viaduto e atinge pedestres na Índia (VÍDEO)
    Tags:
    indianos, Índia, assassinato
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar