21:43 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Araponga branca (Procnias albus)

    Essa ave brasileira é reconhecida como a mais barulhenta do mundo (VÍDEO)

    © AFP 2019 / Anselmo d’Affonseca
    Mundo insólito
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    Ornitólogos dos EUA e do Brasil realizaram um estudo na América do Sul que mostra por que as arapongas brancas emitem sons extremamente agudos.

    Os ornitólogos Jeffrey Podos e Mario Cohn-Haft conseguiram gravar o som mais forte do mundo emitido por um pássaro, as arapongas brancas, nativas do norte da América do Sul, em um estudo que publicaram nesta segunda-feira (21) na revista científica Current Biology.

    Apesar de pesar apenas cerca de 250 gramas, esta espécie de ave supera todas as outras neste aspeto. Um vídeo mostra um pássaro branco macho soltando um "grito" com uma intensidade de 117 decibéis, e depois 125 decibéis, mais alto que os sons mais agudos emitidos por mamíferos como os macacos uivadores e bisontes. As aves costumam este canto durante o ritual de acasalamento.

    Sons tão altos podem danificar a audição das fêmeas que cortejam, mas isso não parece impedi-las de se aproximarem. "Vimos que os machos emitem apenas os gorjeios mais altos, eles giram e balançam seu corpo durante esses rituais para fazer soar a nota final [...] diretamente sobre as fêmeas. [...] Em várias ocasiões nós observamos arapongas brancas fêmeas se juntando aos machos ", diz Podos, citado pelo estudo.

    Ao mesmo tempo, Podos e Cohn-Haft descobriram que os pássaros brancos não são capazes de sustentar a máxima intensidade sonora por muito tempo, algo que o vídeo mostra. "A amplitude máxima tem um efeito negativo na duração do canto".

    Mais:

    Duelo mortal entre píton e ave é gravado na Austrália (VÍDEO)
    Ave descansa sobre costas de hipopótamo
    Após matar dono, ave mais mortal do mundo vai a leilão na Flórida
    Tags:
    pássaro, Amazônia, Brasil, ave
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar