13:36 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Um OVNI no céu

    Vida extraterrestre: grupo de pesquisadores recusa compartilhar suposto material relativo a OVNIs

    CC BY-SA 2.0 / Davide / OVNI
    Mundo insólito
    URL curta
    1111
    Nos siga no

    Pesquisadores de empresa americana do setor espacial disseram ter recolhido material oriundo de OVNIs, mas que não pretendem compartilhar informações por enquanto.

    O anúncio foi feito por Tom DeLonge, ex-músico da banda de rock Blink-182. Atualmente, DeLonge comanda uma empresa de pesquisas sobre o universo chamada de To The Stars Academy of Arts & Sciente (TTSA).

    Em entrevista ao New York Time, Luiz Elizondo, um dos membros da TTSA, disse que a empresa detém "material exótico" oriundo de OVNIs. No entanto, Elizondo disse que não planeja compartilhá-lo com o público neste momento.

    "Nós temos que deixar o processo evoluir. Seja como for, o que não queremos é ser presunçosos. Não queremos tirar conclusões prematuramente. No final, os dados decidirão o que é importante e o que não é", disse Elizondo ao jornal americano.

    OVNI avistado

    A empresa de DeLonge foi criada em 2017. De acordo com o ex-cantor, o objetivo da empresa é buscar respostas para perguntas não respondidas sobre o espaço e a vida.

    No mesmo ano em que foi fundada, a empresa publicou vídeos mostrando supostos OVNIs. De acordo com o porta-voz do vice-chefe de Operações Navais para a Guerra de Informação dos Estados Unidos, Joseph Gradshier, essas imagens não deveriam vir a público.

    Mais:

    Vida extraterrestre pode estar escondida na Lua, sugerem cientistas de Harvard
    Como material extraterrestre foi parar em neve radioativa da Antártica?
    Cientistas detectam estrelas que podem lançar luz sobre 'megaestrutura alienígena'
    Tags:
    Universo, espaço, OVNI, alienígenas, vida extraterrestre
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar