08:07 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    4131
    Nos siga no

    Com altas temperaturas, o verão europeu levou muita gente para as praias. O que elas não sabem é que o calor pode se tornar um risco à vida.

    Uma bactéria fatal presente no mar Báltico matou uma banhista na Alemanha neste verão. Durante este período, as altas temperaturas criam perfeitas condições para a rápida multiplicação deste micróbio.

    Enquanto muitos europeus apreciam o tempo quente no verão, a banhista idosa morreu devido à presença de uma bactéria em seu corpo. O caso ocorreu em Mecklenburg-Vorpommern, Alemanha, informou o Bild.

    A mulher contraiu a bactéria Vibrio vulnificus, a qual pode causar cólera ou até levar à morte. A informação foi transmitida pela Secretaria de Saúde e Assistência Social local.

    Tal agente patogénico possui diversos tipos, sendo um deles a bactéria carnívora. Ela pode se alojar no corpo humano através de feridas expostas, podendo causar infecção e sepsia. A baixa imunidade do corpo e problemas crônicos no fígado tornam o indivíduo ainda menos resistente à bactéria.

    "A bactéria Vibrio vulnificus se multiplica especialmente em água concentração salina de 0.5% e com temperatura acima de 20°C", disse à Bild Martina Littmann, chefe da secretaria de Saúde de Mecklenburg-Vorpommern.

    Mais:

    Bactéria 'consumidora' de poluição e geradora de energia é capturada em Yellowstone
    Perigo extraterrestre? Cientistas revelam bactérias que se adaptam para sobreviver na EEI
    Contágio à vista? Genes de bactérias resistentes a antibióticos são encontrados no Ártico
    Tags:
    Mar Báltico, bactérias, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar