17:34 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    422
    Nos siga no

    O ataque macabro aconteceu em Taiwan quando a mulher cortou as partes íntimas do homem. Em seguida, a agressora tentou suicídio com 40 pílulas de tranquilizante.

    Uma mulher arrancou o pênis e os testículos de seu ex-marido em Hukou, Taiwan. De acordo com a polícia local, a mulher queria castigar seu marido por ter sido infiel.

    Dona Lee, 58, tentou seduzir seu ex-cônjuge na casa do casal. Depois, a mulher agarrou as genitálias do homem e as cortou com uma tesoura afiada. Por último, Lee adicionou ácido às partes íntimas e se livrou delas dando descarga na privada.

    Antes de tentar suicídio, a mulher disse "se não é meu, não é mais de ninguém".

    A vítima chamada de Chen, 56, ainda conseguiu chamar a polícia depois da agressão. Tanto Chen quanto a agressora foram encontrados inconscientes e levados às pressas para o hospital.

    Ambos estão em estado estável enquanto a polícia aguarda sua recuperação para depoimento. 

    O casal se divorciou há menos de um mês atrás, mas continuavam a viver juntos.

    Mais:

    Micropênis é motivo de casal de jacarés nunca ter procriado em mais de 40 anos
    Coreia do Sul legaliza adultério
    Especialista atribui alto índice de amputações de pênis a vergonha e falta de informação
    Tags:
    traição, castração, Taiwan
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar