21:46 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Ilha de Vancouver, Canadá

    Pescador canadense encontra animal pré-histórico com cabeça de crocodilo e cauda com dentes (FOTOS)

    © AP Photo / Cameron Bloch
    Mundo insólito
    URL curta
    0 61

    Na província da Columbia Britânica no Canadá, um pescador descobriu os restos de uma criatura com aspecto "pré-histórico" cuja cauda estava coberta de dentes.

    Segundo informa o jornal Daily Star, o pescador Nathan Eyre fez uma descoberta inesperada perto de sua casa na cidade na Sidney, situada na ilha de Vancouver. Os restos eram de uma criatura parecida ao crocodilo, mas com uma fila de algo semelhante a dentes na cauda.

    ​Este exemplar, de "aspecto pré-histórico", pode ser o lendário Cadborosaurus, um criptido do período Jurássico que tinha um corpo comprido em forma de serpente e habitava no fundo do Pacífico, perto da costa norte-americana, informa o jornal.

    Nathan Eyre disse ao Daily Mail que ele é um pescador experiente e conhece bem a fauna marinha local, mas não conseguiu identificar os restos da criatura que encontrou na praia.

    ​"Primeiramente, eu pensei que isto seria um golfinho ou um filhote de baleia, mas rapidamente compreendi que isto era outra coisa, por causa da cauda. Ela era grossa e comprida e havia dentes ao longo de toda sua extensão. Elas pareciam pontas cortantes [...] de um centímetro ou mais. A cabeça era literalmente da forma de uma cabeça de crocodilo", disse o pescador de 43 anos.

    Criptidos são animais ou plantas cuja existência é sugerida, mas não foi comprovada pelos cientistas, como o Yeti, o Kraken ou o monstro de Loch Ness.

    Mais:

    Nuvem descomunal deixa meteorologistas dos EUA em dúvida (VÍDEO)
    Será que este inverno é último? Asteroide com tamanho de campo de futebol se aproxima da Terra
    Em praia de Santa Catarina, jacaré ataca homem que se aproxima demais (VÍDEO)
    Tags:
    arqueologia, pescador, animais, crocodilo, Canadá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar