11:22 04 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 44
    Nos siga no

    Uma moradora de Long Island, ilha no sul do estado americano de Nova York, processou cemitério local por ter caído na cova dos pais, relata New York Post.

    De acordo com o processo, Joanne Cullen, de 64 anos de idade, se inclinou para ajeitar uma fita na coroa de flores e o chão cedeu, fazendo com que ela caísse e batesse com a cabeça na lápide.

    Mas o trauma não acabou por aí. A norte-americana continuou descendo ao encontro dos pais mortos. Para não chegar até os caixões, Joanne se segurou nas bordas da cova. Ela começou a gritar por ajuda, mas ninguém a ouviu.

    "Ser sugado pela cova dos pais enquanto você vai visitá-los em uma tarde fria de dezembro, quando o sol já se ponto […] é aterrorizante e traumatizante", afirmou o advogado de Joanne, Joseph Perrini. Ele espera que a mulher seja indenizada com US$ 5 milhões (R$ 19 milhões).

    De acordo com Joanne Cullen, a "experiência traumatizante" ocorreu no dia 19 de dezembro de 2016 e até hoje ela tem pesadelos, que a impedem de visitar o túmulo dos entes queridos.

    O advogado acredita que os coveiros tenham deixado uma cavidade subterrânea na cova que "engoliu" Callen. "É algo terrível que não deveria acontecer com ninguém. Queremos que o cemitério e os funcionários aprendam a lição e que isso não aconteça com mais ninguém", concluiu o advogado.

    Mais:

    Boda póstuma: indiano se casa com noiva morta durante funeral (IMAGENS FORTES)
    Cortejo fúnebre é interrompido devido a movimentos dentro do caixão (VÍDEOS)
    Mulher dorme dentro de caixão para atrair sorte e acaba morrendo
    Tags:
    mulher, pai, tumba, cemitério, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar