06:29 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Sex shop (imagem referencial)

    De fantasia a vibrador: dupla entra em sex shop neozelandês e sai de lá sem pagar US$ 850

    CC BY 2.0 / Frederic BISSON / Sex shop
    Mundo insólito
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    No domingo (17), duas mulheres roubaram uma coleção de brinquedos sexuais em um sex shop neozelandês que são avaliados em 850 dólares.

    A polícia está à procura das duas mulheres que entraram no sex shop Peaches and Cream (Pêssegos e Creme) da cidade neozelandesa de Petone e roubaram uma coleção de brinquedos sexuais.

    Além de dois brinquedos sexuais que custam cada um mais de US$ 300 (R$ 1.100), as mulheres colocaram nas bolsas um vibrador para clitóris que custa US$ 250 (R$ 930) e um vestido com estampa de leopardo que custa US$ 95 (R$ 350), detalhou Newshub.

    "Elas roubaram lubrificante, roubaram vibradores, roubaram lingerie e roubaram DVDs. Não os queremos normalmente de volta", afirmou o presidente-executivo do sex shop.

    Um funcionário do sex shop desde a entrada das mulheres percebeu quão estranhas elas eram. Percebendo que as bolsas delas estavam aumentando de tamanho à medida que elas iam se aproximando da saída, ele deu a oportunidade para elas entregarem o que foi roubado.

    Uma delas devolveu um item; a outra se recusou a devolver. A peripécia das mulheres foi filmada pelas câmeras de segurança do estabelecimento.

    Mais:

    Noruega convida turistas para fazer sexo no 'pênis de Troll' (FOTOS)
    Sexo em excesso está acabando com dunas de Ibiza, alertam pesquisadores
    Egito condena a prisão apresentador de TV por entrevista com homem profissional do sexo
    Tags:
    brinquedos, loja, sexo, roubo, Nova Zelândia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar