07:55 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    OVNI (ilustração artística)

    Aparição de OVNI? Polícia australiana libera VÍDEO de objeto voador pairando no céu

    CC0 / Pixabay
    Mundo insólito
    URL curta
    15175

    Uma luz não identificada foi vista brilhando em uma das áreas mais remotas da Austrália e levantou rumores de que poderia ser um OVNI.

    A gravação assustadora e feita por uma câmera de vigilância foi divulgada pela polícia de Broome, no extremo noroeste da Austrália, e mostra um objeto bizarro pairando no céu durante uma tempestade intensa que ocorreu no sábado (16), comunica Daily Mail.

    Na legenda da filmagem, a polícia local sugere que "parece que não estamos sozinhos".

    O vídeo mostra um objeto brilhante e redondo, que está inclinado no canto da tela durante uma tempestade, enquanto os raios caem. O suposto OVNI paira no céu durante alguns segundos antes de desaparecer.

    Internautas não perderam tempo e já comentam sobre as possíveis explicações. Enquanto alguns afirmam que isso poderia ser um objeto voador não identificado, outros alegam que provavelmente é apenas o reflexo dos faróis de um carro na câmera da praia.

    "Não tenho certeza se isso é uma réplica do veículo da área 51 ou um veículo intergaláctico. Filmagens bem malucas", disse um usuário do Twitter.

    Para outro internauta o vídeo é muito bom e ele questiona: "Como é que esta ilusão de ótica ocorre? Refração, reflexão ou ionosfera?"

    Depois de rever imagens da tempestade da última noite no circuito interno na praia da cidade, parece que não estamos sozinhos

    Mais:

    OVNI é supostamente avistado nas proximidades de vulcão mexicano (VÍDEO)
    Novo drone chinês 'em forma de OVNI' voa pela 1ª vez em público (VÍDEO)
    Caso de OVNI mais famoso do Reino Unido teria sido trote militar?
    ETs na Lua? OVNI perambulando pelo satélite causa alvoroço em internautas (VÍDEO)
    Tags:
    extraterrestre, tempestade, alienígenas, OVNI, Austrália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar