09:49 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Asteroide (imagem de referência)

    Empresa de criptomoedas planeja minerar asteroides em busca de supremacia espacial

    © flickr.com/ Hubble ESA
    Mundo insólito
    URL curta
    1 0 0

    A Planetary Resources, adquirida recentemente pela empresa de software de blockchain ConsenSys, anunciou há cinco anos uma ambiciosa missão de extrair gelo de água de asteroides e outras práticas de mineração, mas os planos não prosseguiram devido à falta de fundos.

    A ConsenSys, conhecida pelo desenvolvimento da plataforma Ethereum, adquiriu a empresa especializada em mineração de asteroides Planetary Resources Inc. Os detalhes da transação ainda não foram revelados.

    Fundada em 2009 e anteriormente conhecida como Arkyd Astronautics, a Planetary Resources está supostamente envolvida na exploração, extração e refinação de recursos de asteroides. A companhia, que se relata ter mais de 30 grandes investidores e que angariou mais de 50 milhões de dólares (R$ 150 milhões) em investimentos, enviou dois satélites para a órbita nos últimos seis meses e planeja começar a minerar sua primeira rocha espacial no futuro próximo.

    A aquisição da Planetary Resources está destinada a trazer “capacidades do espaço profundo” para o ecossistema das criptomoedas.

    Segundo o fundador da ConsenSys, Joe Lubin, o negócio "reflete a nossa crença na democratização e descentralização dos esforços espaciais para unir a nossa espécie e desbloquear o potencial humano inexplorado".

    O presidente e CEO da Planetary Resources, Chris Lewicki, por sua vez, tinha trabalhado no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA e tem experiência em pesquisa espacial.

    Brian Israel, conselheiro da ConsenSysm, que anteriormente serviu como assessor jurídico no Departamento de Estado dos EUA, onde foi responsável pelas dimensões jurídicas internacionais do espaço exterior, oceanos e questões de governança ambiental internacional, afirmou que "a funcionalidade de contrato inteligente do Ethereum é uma solução natural para o ordenamento privado e o comércio no espaço […] em que uma gama diversificada de atores de um número crescente de países deve coordenar e realizar transações".

    Mais:

    Nobel de Economia: bitcoin atrai quem gosta da ideia de que não veio de algum governo
    'Cruz da morte': analistas preveem queda drástica do bitcoin (FOTO)
    Lava Jato: esquema de corrupção no RJ lavou dinheiro com bitcoin
    Tags:
    Ethereum, asteroide, espaço, criptomoeda
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik