16:45 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Tatuador fazendo tatuagem

    'Eu posso julgar deus': celebridade turca é zombada por tatuagem traduzida no Google

    CC0 / Pixabay
    Mundo insólito
    URL curta
    333

    Se a instagramer turca Naz Mila, de 26 anos de idade, queria chamar atenção, então ela conseguiu ao tatuar uma frase gigantesca em inglês que mais parece tradução do Google.

    Mila, oriunda do Azerbaijão, é uma celebridade de realities shows e possuidora de 865 mil seguidores no Instagram. No domingo passado, seus fãs tiveram a sorte de ver uma foto da jovem seminua com uma tatuagem gigante estendida desde o peito até o joelho do lado direito do corpo. O único problema era que a frase tatuada não fazia nenhum sentido.

    Muito provavelmente, a frase deveria significar: "Only God can judge my mistakes and truths" ("Só Deus pode julgar os meus erros e as minhas verdades"), uma frase popular na Turquia. Porém, ao invés disso, a tatuagem diz: "I can judge a single god with my wrongs and wrongs", que significa "Eu posso julgar um único deus com os meus erros e erros".

    Pelo visto, nem a garota nem seu tatuador sabem inglês muito bem e a frase foi simplesmente traduzida no Google Tradutor ou em outro serviço semelhante.

    Após ser ridicularizada por pessoas com melhores competências linguísticas, Mila desativou os comentários para uma das imagens e aparentemente deletou uma destas, escreve o RT. Porém, a foto não escapou das mídias turca e britânica e daí veio sua fama de cinco minutos.

    No entanto, o incidente com tatuagem parece não ter dissuadi-la de postar novas fotos e vídeos na rede.

    Mais:

    Falha no WhatsApp permitia hackear smartphone ao atender chamada de vídeo
    Google continua vendendo anúncios para sites fraudulentos, diz mídia
    Tchau, Google+: após 3 anos expondo dados de usuários, Google decide encerrar rede
    Ex-militar sensual da Marinha dos EUA segue carreira de modelo (FOTOS)
    Tags:
    Deus, tradução, inglês, tatuagem, celebridades, Google, Instagram, Azerbaijão, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik