07:00 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Site de compartilhamento de moradia Airbnb

    Casal suspeita de objeto e descobre que poderiam estar sendo filmados na cama

    © AFP 2018 / John Macdougall
    Mundo insólito
    URL curta
    0 28

    O último escândalo envolvendo o “serviço de hospitalidade online” surgiu no Canadá.

    Um casal britânico ficou horrorizado ao descobrir que o quarto estava equipado com uma câmera espiã, apontada diretamente para sua cama, em um apartamento reservado pela plataforma Airbnb. O dispositivo foi encontrado por eles escondido em um relógio digital. O fato ocorreu na cidade de Toronto, no Canadá. O casal ainda afirmou que o dispositivo estava conectado a um fio "como se fosse um carregador de celular".

    O casal ficou no local por apenas 20 minutos, depois de um dia de turismo na cidade. Entretanto, o relógio rapidamente despertou a atenção deles, como algo "arrepiante" e suspeito.

    "Eu assisti um vídeo no Facebook sobre câmeras e como elas poderiam ser escondidas e havia um relógio como esse também. Continuei dizendo a mim mesmo para não ser tolo, mas havia alguma coisa, então, eu peguei o carregador e vi que havia uma bateria de íon-lítio na parte de trás. Deslizei a parte frontal do relógio e encontrei a câmera. Isso estava apontado abrangendo toda a área", disse Dougie Hamilton, de 34 anos, ao jornal escocês The Daily Record.

    ​Casal britânico ficou horrorizado após "encontrarem câmera espiã em apartamento alugado através do Airbnb": Dougie Hamilton, 34, de Glasgow, declarou que ele encontrou a "câmera espiã" em um relógio digital, após suspeitar do objeto, pouco depois de chegar com sua namorada ao apartamento do Airbnb em Toronto.

    O casal ainda acrescentou que não sabiam se o proprietário esteve assistindo, porém, isso foi assustador. Afirmando ainda que isso "[…] poderia ser algo bizarro e de cunho sexual".

    O casal imediatamente alertou a Airbnb, que iniciou logo uma investigação sobre o incidente. Os hóspedes receberam o reembolso total e foram instalados em um hotel de luxo na vizinhança, todas as reservas do apartamento foram canceladas. As autoridades locais também foram informadas e estão investigando o caso.

    Um fato semelhante ocorreu com um casal de Indiana, EUA, em 2017. Na ocasião, eles descobriram que o dispositivo estava no detector de fumaça, apontado diretamente para a cama. O casal então notificou imediatamente a polícia local, que prendeu o anfitrião, o qual admitiu que a câmera seria para gravar atividades sexuais.

    Tags:
    espiã, apartamento, câmera, espionagem, Airbnb, Canadá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik