16:32 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Agente de polícia norte-americano

    'Famintas, com sede e sujas': homem ensina crianças a efetuar tiroteios em escolas dos EUA

    © Fotolia / mario beauregard
    Mundo insólito
    URL curta
    113

    Onze crianças desnutridas foram resgatadas de um edifício velho, situado em pleno deserto no estado norte-americano do Novo México, onde estavam sendo mantidas presas por dois homens armados e sendo ensinadas a usar armas de fogo, informa ABC News, citando documentos judiciais.

    Segundo promotores, quando a polícia encontrou Siraj Wahhaj, de 39 anos de idade, que tinha um rifle AR-15 e quatro pistolas, ele estava ensinando crianças de 1 a 15 anos a efetuar tiroteios em escolas.

    De acordo com a polícia, o recinto estava "sem comida e água limpa, liberando gás propano, em condições nojentas, com madeiras em estado perigoso, vidros quebrados e nenhum cuidado médico e higiênico".

    Mais um homem armado e três mulheres, que podem ser as mães das crianças, também foram detidos depois de policiais encontrarem no edifício os restos mortais do Abdula-Ghani Wahhaj, desaparecido filho de Wahhaj de três anos.

    Os pais adotivos do menino de 11 anos, mantido no recinto, revelaram à polícia que Wahhaj "estava treinando a criança para usar rifle de assalto no preparo para um futuro tiroteio em uma escola".

    "Essas crianças estavam famintas, com sede e sujas", comentou o policial Jerry Hogrefe.

    As crianças estão aos cuidados do Departamento de Crianças, Adolescentes e Famílias do Novo México.

    De acordo com a mídia dos EUA, o pai de Siraj Wahhaj, Imam Siriaj Wahhaj, líder proeminente de muçulmanos do Brooklyn, Nova York, testemunhou no processo de Omar Abdel-Rahman, que foi condenado pelo atentado de 1993 ao World Trade Center. Em 1991, ele se tornou primeiro muçulmano a liderar a reza aberta perante Câmara dos Representantes dos Estados Unidos em Washington.

    Mais:

    EUA demonstram indiferença 'ultrajante' em devolver crianças às famílias, diz congressista
    Policiais matam refém de criminoso em Los Angeles (VÍDEO EXPLÍCITO)
    Cada um por si? Número de armas registradas cresce vertiginosamente no Brasil
    Vovó atira em marido por causa de filmes pornográficos
    Tags:
    armas, tiroteio, crianças, Polícia, Novo México, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik