21:17 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Explosão nuclear (imagem referencial)

    O que aconteceria se bomba nuclear mais potente explodisse na fossa das Marianas?

    CC0 / Pixaby
    Mundo insólito
    URL curta
    5161

    O portal alemão Kurzgesagt explicou o que aconteceria com o nosso planeta se a bomba soviética Tsar, a mais potente alguma vez criada, explodisse no fundo da fossa das Marianas.

    Segundo explicaram os autores da publicação, uma vez que fosse detonada, a bomba de 50 megatons de TNT iluminaria pela primeira vez na história as profundidades da fossa.

    Depois, o calor da explosão geraria uma enorme bolha composta por vapor de água, núcleos radioativos e os restos dos organismos marítimos. Esta bolha se ampliaria constantemente, evaporando a água em seu redor. A onda de choque causada pela explosão seria detectada pelas estações sismológicas de todo o mundo.

    Entretanto, a onda iria parar. Mas porquê? Acontece que a atmosfera é incapaz de conter a onda explosiva, de modo que, na superfície da terra, a onda de choque poderia alcançar uns dez quilômetros de raio. Entretanto, a pressão no fundo da fossa, a uma profundidade de 11 quilômetros, é enorme, por isso a bolha começaria a se contrair uma vez que alcançasse um diâmetro de um quilômetro.

    A seguir, a turbulência da água "cortaria" a bolha em inúmeros fragmentos radioativos que, por sua vez, iriam se mover em direção à superfície da água.

    Deste modo, a detonação da bomba Tsar não levaria a nada mais que ao aparecimento de uma pequena onda e uma coluna de água radioativa no oceano Pacífico. Os autores do vídeo lembraram que terremotos fortes, comparáveis com a detonação de uma bomba nuclear, afetam o nosso planeta várias vezes por ano, sem causar o fim do mundo.

    Mais:

    Bomba da 2ª Guerra Mundial explode na Alemanha (VÍDEO)
    Há uma razão para não abdicar completamente das armas nucleares, segundo jornalista
    Universidade americana 'perde' material radioativo usado para construir bombas nucleares
    Tags:
    baleias, atmosfera, bomba nuclear, explosão, Fossa das Marianas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik