13:39 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    O que parecia ser um abuso era, na verdade, uma aula de sadomasoquismo

    '50 Tons': Policiais são chamados para investigar crime e acabam em sessão de bondage

    CC0 / Pixabay
    Mundo insólito
    URL curta
    181

    Um morador da cidade alemã de Neustadt ligou para a polícia relatando um suposto caso de abuso em um apartamento vizinho ao seu. Mas, quando os agentes entraram em cena, acabaram descobrindo que tudo não passou de um grande mal-entendido.

    A suspeita do responsável pela denúncia se deu após ele ver uma mulher amarrada e nua sendo cercada por dois homens em um quarto próximo ao seu. Entretanto, o que parecia ser uma tentativa de abuso não passava de uma aula prática de bondage, de acordo com as autoridades.

    Em nota divulgada após o incidente, intitulada "Cinquenta Tons de Neustadt", a polícia explicou que o responsável pelo apartamento seria um professor de artes eróticas e estava compartilhando os seus ensinamentos com um casal quando foi interrompido pelos agentes, que foram convidados a participar da sessão mas "recusaram educadamente". 

    "O inquilino do apartamento, um professor de bondage japonesa Shibari, estava instruindo um casal na arte erótica", diz o comunicado, explicando que todos os envolvidos estavam de total acordo com a ação e de bom humor. 

    Mais:

    'Boca é para comer, não para sexo', anuncia presidente de Uganda (VÍDEO)
    Blogueira chinesa causa tumulto ao oferecer sexo gratuito (VÍDEO)
    Empresa de camisinhas cria top 30 de atrações turísticas para fazer sexo
    Descubra segredos do 'impactante manual do sexo' escrito no século XVIII (FOTO)
    Este papiro egípcio poderia conter referência à 1ª denúncia de abuso sexual da história
    Efeito inesperado: conheça esporte que aumenta desejo sexual
    Tags:
    bondage, bdsm, shibari, sexo, sadomasoquismo, Europa, Alemanha, Neustadt
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik