18:21 15 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Lobo em um cemitério uivando para a Lua (imagem artística)

    Pastor evangélico estupra jovem durante exorcismo

    CC0 / Pixabay
    Mundo insólito
    URL curta
    12915

    Um pastor evangélico de 52 de idade da cidade argentina de Neuquén, violou uma parente de 28 anos, depois de convencê-la que ela estava possuída pelo "diabo", segundo a denúncia da vítima citada pelo diário La Mañana de Neuquén.

    A mulher foi jantar na casa do pregador por ser paroquiana e por ter laços familiares através de sua vovó, chegando a chamá-lo de "tio". Depois de desabafar com o pastor sobre estar passando por uma etapa difícil na vida, o homem levou a conversa para o lado religioso, assegurando que ela estava mesmo era possuída.

    Confiando nas palavras do pastor, ela permitiu que ele realizasse o exorcismo de imediato. A mulher se lançou sobre uma manta no chão cercada por velas acesas e o pastor, depois de rezar, estuprou-a, informa o diário.

    Logo depois de sofrer o abuso, a vítima, que além do mais é irmã de um agente da lei, guardou silêncio por algum tempo, mas afinal encontrou forças para contar tudo à sua família e denunciar o ato. Na sexta-feira (13), a mulher ofereceu detalhes da sua experiência traumática perante a Procuradoria de Delitos Sexuais.

    Mais:

    Exorcismo está em alta no Vaticano
    'Pastor-exorcista' que queimou mulher na Nicarágua foi condenado a 36 anos de prisão
    Padre: 'Eu vi uma criança levitar'
    Tags:
    violência, diabo, exorcismo, pastor evangélico, igreja
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik